A ANAC disponibilizou para consulta o texto da proposta do RBAC-60, que regulamentará os requisitos para qualificação e uso de dispositivos de treinamento para simulação de voo – vide Audiência Pública Nº24/2017. De acordo com a nota publicada no site da Agência, “o diferencial desta proposta é que a ANAC não pretende criar padrões, mas empregar os existentes na indústria, utilizados internacionalmente e reconhecidos pelas autoridades da aviação dos Estados Unidos (Federal Aviation Administration – FAA) e da Europa (European Aviation Safety Agency – EASA)”. É importante notar, contudo, que “a proposta [o texto do RBAC-60 da AP-24/2017] não se aplica aos FSTD classificados como treinadores de voo por instrumentos (ATD)” – vide Justificativa.