Operação ‘single pilot’: sem dúvida a mais popular da aviação geral. Em condições “normais”, muito segura – mas quando sai da “normalidade”, como no vídeo acima, produzido pela NBAA*, também é muito fácil deixar de sê-la. Boa parte dos acidentes com perda de controle em voo (LOC-I – Loss Of Control Inflight) ocorre neste contexto: operação ‘single pilot’ com sobrecarga de trabalho para o piloto em comando.

Antes só do que mal acompanhado?

Um “cara na direita” não habilitado ou não proficiente no equipamento e sem treinamento de CRM pode atrapalhar mais do que ajudar; mas…

Antes bem acompanhado do que só!

A presença de um ‘safety pilot’ corretamente habilitado e proficiente no equipamento e com um bom treinamento de CRM pode fazer a diferença num voo.

*Ver também: