Até onde eu sei (e peço que me corrijam se estiver enganado) não há no Brasil aeroclubes ou escolas de aviação, sejam de cursos teóricos ou práticos de PP e de PC, que ofereçam ensino bilíngue. Há, sim, quem ofereça curso de inglês complementar à formação comum, mas ensinar Teoria de Voo, Meteorologia, etc., em inglês; ou então realizar a instrução em simulador e/ou na aeronave diretamente na língua inglesa (e não estou me refererindo unicamente à fonia) não está entre os serviços oferecidos pelas instituições brasileiras. Seria interessante que houvesse esta opção? E se alguma escola disponibilizasse este serviço, haveria demanda?

O programa de treinamento da Emirates Flight Training Academy, explorado neste post, começa pela avaliação e ensino de inglês, e todos os cursos posteriores, teóricos e práticos, acontecem exclusivamente nesta língua. Talvez seja um bom benchmark…

Com a Nova Lei do Aeronauta, a remuneração dos instrutores de voo atingirá um novo patamar – e, por extensão, o valor das horas de voo também deverá subir. Será que agora não seria o momento para oferecer esta opção?

Vamos pensar nisso???

Aos interessados no assunto, segue o artigo que me deu a ideia de escrever este post: Bilingualism in the sky (ele trata de outras abordagens sobre o tema além da formação de pilotos).