O Aviation Voice publicou um artigo – Pilot-Hungry Airlines Struggle with Global Pilot Shortage – que vale a pena ser lido, especialmente por quem se interessa sobre o tema da empregabilidade de pilotos em nível global. Sem querer dar spoiler (mas já dando, efetivamente), seguem alguns de seus pontos mais importantes:

  • Diversas companhias asiáticas, europeias e norte-americanas estão ‘groundeando’ aeronaves e/ou diminuindo operações devido ao ‘apagão’.
  • A maior dificuldade que essas companhias estão vivendo é relativa à formação de novos pilotos – e, neste contexto, o MPL* está sendo visto como uma alternativa interessante.
  • A atração de mulheres para a carreira de piloto também está sendo vista como uma alternativa fundamental neste cenário de escassez de mão-de-obra.

É claro que no Brasil o cenário atual écompletamente diferente, mas… E no longo prazo? Será que não poderemos enfrentar dificuldades semelhantes?

*Sobre MPL, ver estes artigos publicados no blog “antigo” (paraserpiloto.com).