Desnecessário comentar que o mercado de trabalho para pilotos civis de helicóptero está atravessando uma fase horrorosa. Também não é novidade para ninguém que temos uma lei que, goste-se ou não dela, restringe a atuação de pilotos não contratados diretamente pelo operador – vide aqui. Agora, junte neste caldo esta matéria publicada hoje no G1 -“Policiais que pilotam helicóptero no Ceará são investigados por realizarem voos particulares em horário de serviço – Servidores públicos pilotam aeronaves para empresas e grandes empresários, conforme denúncia. Pilotos civis se sentem prejudicados por ‘monopólio’ dos PMs no mercado local” -, e cumpra com sua cota diária de indignação profissional, estimado aeronauta!